30 bolsas para investigadores em início de carreira de qualquer nacionalidade que pretendam realizar um programa de doutoramento em qualquer área científica em Espanha ou Portugal.

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.
Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.

Pontos-chave

  • 30 bolsas para realizar o doutoramento em qualquer universidade ou centro de investigação de Espanha ou Portugal.

  • Todas as áreas de conhecimento.

  • Duração máxima: 4 anos.

  • Dotação económica para cobrir os custos laborais, de investigação e Propinas para o programa de doutoramento.

  • Programa de formação presencial em competências transversais.


Requisitos do concurso

  • Experiência: Os candidatos não devem ter exercido mais de quatro anos de atividade de investigação antes da data de encerramento do concurso.

  • Estudos concluídos: No momento do recrutamento, os candidatos devem ter concluído estudos que lhes permitam inscrever-se num programa oficial de doutoramento em Espanha/Portugal. A verificação do nível de estudos exigido será efetuada pela universidade de acolhimento no início do processo de admissão.
    Os candidatos não podem estar inscritos num programa de doutoramento antes do início da bolsa.

  • Mobilidade: Os candidatos têm de ter residido ou exercido a sua atividade principal (trabalho, estudos, etc.) em Espanha/Portugal durante mais de doze meses nos três anos imediatamente anteriores à data do fecho do concurso. Além disso, os candidatos a quem for concedida a bolsa deverão realizar o doutoramento numa universidade diferente daquela em que fizeram os estudos de licenciatura.

  • Nível de inglês: Os candidatos devem certificar um nível avançado de inglês (B2 ou superior).


FAQs

Se tiver dúvidas sobre o concurso, consulte a lista de perguntas frequentes.

Aceda à plataforma de candidaturas de bolsas da Fundação ”la Caixa”.

Subscreva-se para receber um aviso aquando da abertura do próximo concurso.

Para qualquer sugestão ou consulta, por favor, dirija-se a: [email protected].

O processo de seleção consta de 3 fases consecutivas:

  • Fase 1 - Elegibilidade

    Todas as candidaturas são analisadas em função do cumprimento dos requisitos de elegibilidade descritos nas bases do concurso.

  • Fase 2 - Pré-seleção

    As candidaturas são avaliadas de forma remota por, pelo menos, dois avaliadores com experiência relevante na mesma área de estudos. Os critérios que regem a avaliação nesta fase são:

    • Certificado de habilitações e curriculum (ponderação 50 %): avaliar-se-á o certificado de habilitações, bem como o curriculum académico e/ou profissional em relação à fase da carreira do candidato em que se encontrar e as oportunidades que possa ter tido.

    • Motivação e dissertação (ponderação 30 %): avaliar-se-á a excelência das ideias apresentadas na dissertação, considerando a originalidade, a inovação e o possível impacto da proposta, assim como a escolha do centro de destino e os estudos ou pesquisas as quais queiram-se realizar.

    • Cartas de recomendação (ponderação 20 %): as cartas de recomendação recebidas serão avaliadas tendo em conta a especificidade do conteúdo em relação ao candidato, bem como o perfil dos recomendadores.


  • Fase 3 - Entrevistas de seleção

    Os candidatos pré-selecionados são convocados para uma entrevista individual com um comité multidisciplinar que os avalia de acordo com os critérios que se seguem:

    • Potencial do candidato (ponderação 40 %): avaliar-se-á o potencial do candidato com base nas suas soft skills, tais como clareza, consistência do seu discurso e a articulação de ideias, a capacidade de apresentar raciocínio complexo e independente, a originalidade, o empreendedorismo, a liderança e o trabalho de equipa.

    • Motivação e dissertação (ponderação 30 %): avaliar-se-á a excelência das ideias apresentadas na dissertação, considerando a originalidade, a inovação e o possível impacto da proposta, assim como a escolha do centro de destino e os estudos ou pesquisas a realizar.

    • Percurso académico e profissional (ponderação 30 %): avaliar-se-á a formação académica e profissional do candidato em relação à fase em que se encontra na sua carreira e às oportunidades que possa ter tido.


Junte-se

O Programa de bolsas conta anualmente com a colaboração de um grande número de especialistas de diferentes áreas que participam na avaliação das candidaturas. O rigor e a transparência nos processos de seleção são essenciais para garantir a excelência dos programas de bolsas oferecidos. Por isso, é fundamental dispor de uma base de dados de especialistas dinâmica e permanentemente atualizada com novos perfis, tanto da academia como da indústria.

Se está interessado em fazer parte da nossa base de dados e colaborar na avaliação de futuros concursos de bolsas, contacte-nos enviando um email[email protected] juntamente com o seu CV em formato .pdf ou o link à página web donde é visualizado.

Descarregar materiais

Com o intuito de gerar sinergias e alcançar a máxima divulgação da chamada para as Bolsas de Doutoramento INPhINIT, agradecemos que nos ajude a divulgar os materiais de comunicação entre estudantes e jovens investigadores.


Mais informação

  • Como divulgar os materiais de comunicação corretamente?

    A fim de realizar una comunicação efetiva, recomendamos enviar, em primeiro lugar, um mailing informando os estudantes sobre os pormenores do concurso.

    Posteriormente, publicar em todas as redes sociais os posts descarregáveis do concurso, tendo em conta a sugestão de texto da publicação que se encontra nas Recomendações para divulgar o concurso nas redes sociais.

    Também recomendamos imprimir os pósteres do concurso em A4 ou A3, para que possam ser divulgados na universidade ou no centro.

  • Como partilhar os resultados das publicações?

    Na Fundação ”la Caixa” agradecemos a vossa colaboração para divulgar os concursos entre os estudantes e investigadores. Com o objetivo de melhorar os materiais de divulgação, queremos pedir a vossa ajuda para que, na medida do possível, partilhem alguns dados significativos das peças publicadas nos vossos canais digitais: descrição do público no qual conseguiram ter impacto, capturas de ecrã das publicações realizadas nas redes sociais e a língua em que realizaram as vossas publicações.


Contacto

Pode enviar as suas dúvidas ou sugestões de melhoria para: [email protected].

Documentação de interesse sobre o concurso

Bases do concurso

(Disponível apenas em inglês)

Boletín Oficial del Estado

Abertura do concurso de bolsas da Fundação ”la Caixa” no BOE.

(Disponível apenas em inglês)

Bolseiros e bolseiras 2024

(Disponível apenas em inglês)

Documentação de interesse sobre o processo de avaliação

Selection process guidelines

(Disponível apenas em inglês)

Code of conduct

(Disponível apenas em inglês)

List of evaluators of the 2023 call

(Disponível apenas em inglês)