Procuramos melhorar a qualidade de vida das pessoas com doenças avançadas e dos seus familiares para que a sua vida continue a ser vida até ao último instante.

Desde 2018, a Fundação ”la Caixa” juntamente com o BPI desenvolve o Programa de Apoio Integral a Pessoas com Doenças Avançadas. Humaniza em Portugal.

O nosso objetivo é proporcionar um apoio integral, com equipas de profissionais que complementam os cuidados de saúde a pessoas com doenças avançadas através de uma intervenção psicossocial e espiritual.

Esta iniciativa pioneira conta com 11 equipas de apoio psicossocial (EAPS) formadas maioritariamente por psicólogos, assistentes sociais e voluntários.

Anualmente as equipas de apoio psicossocial atendem a mais de 5.000 doentes e mais de 6.000 familiares, e conta com voluntários. Desde o seu início e até dezembro de 2022, as EAPS já acompanharam 19.587 doentes e 24.115 familiares, num total de 43.702 pessoas.

Em 2022 o Programa foi avaliado globalmente com 9,03/10 (N = 204), pelos profissionais das equipas com as quais as EAPS colaboram.

Em 2022 foi dado início ao desenvolvimento de uma nova linha de cuidados psicossociais em lares residenciais, destinada às pessoas em fim de vida e às suas famílias, com a incorporação progressiva nas 11 EAPS de um novo profissional da área da psicologia.


A quem se dirige

A pessoas com doenças avançadas e seus familiares para que possam enfrentar a situação e o grande impacto emocional que ela tem.


Como ajudamos

O núcleo do Programa são as equipas de apoio psicossocial (EAPS). Os 55 profissionais têm formação e estão treinados para prestar aos doentes e às famílias um apoio paliativo próximo, sensível e humano.


O que fazemos

Oferecemos intervenção psicológica, social e espiritual, que complementa a assistência de saúde para proporcionar um apoio integral.

  • Apoio psicossocial: Juntamente com as equipas assistenciais, criámos e implementámos um modelo de apoio psicossocial que tem como objetivo melhorar os cuidados paliativos aos doentes avançados, e ajudar o paciente e a sua família a enfrentar a doença.

  • Espiritualidade: Integramos os aspetos espirituais que permitem ao paciente e aos seus familiares enfrentar serenamente o processo final, desde o máximo respeito pelas convicções de cada pessoa.

  • Luto: Oferecemos apoio a todas as pessoas afetadas pela perda de um ente querido que o necessitem ou o peçam.

  • Apoio a profissionais: Damos apoio aos profissionais de saúde em temas como a comunicação em situações difíceis e a gestão do stresse.

  • Voluntariado: A participação de voluntários e a sua integração nas equipas complementa o modelo de apoio psicossocial e acrescenta valor humano.


Dúvidas

Para esclarecer dúvidas ou obter mais informações, contacte-nos através do nosso endereço eletrónico [email protected].

Documentação de interesse

Cuidar do seu corpo e mente é sempre importante

5.757
doentes atendidos em 2022

19
hospitais contam com este programa

26
residências