Visualizador de Conteúdo Web

A oportunidade de que estava à procura

Nested Applications

Concurso para candidaturas a Bolsas Incoming

Mostrar texto Ocultar texto
Visualizador de Conteúdo Web
35 Bolsas de Doutoramento abertas a concurso para investigadores em início de carreira de qualquer nacionalidade queiram levar a cabo os seus projetos de doutoramento em centros de investigação acreditados com as distinções de excelência em Espanha de Severo Ochoa, María de Maeztu, em Institutos de Saúde Carlos III, ou em unidades portuguesas avaliadas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia como "Excelentes" ou "Excecionais". Este concurso destina-se exclusivamente a investigadores nas disciplinas de Ciências da Saúde e da Vida, Tecnologia, Engenharia e Matemática, incluindo Física, Química e outros domínios científicos baseadas em pesquisa laboratorial.
Visualizador de Conteúdo Web
  • CALENDÁRIO

    Não podem ser submetidas quaisquer candidaturas ou documentos adicionais após o prazo estabelecido nos termos do Concurso.

    4 de fevereiro de 2020
    Prazo para apresentação de candidaturas.

    18 de fevereiro de 2020
    Prazo para apresentação do certificado de língua.

    16 de abril de 2020
    Notificação dos resultados da primeira fase de seleção.

    27 e 28 de maio de 2020
    Entrevistas presenciais em Barcelona.

    2 de junho de 2020
    Publicação da lista final de candidatos selecionados.

    Entre 2 e 30 de junho de 2020
    Definição do centro de investigação que integrará cada bolseiro.

  • REQUISITOS DO CONCURSO

    Para serem aceites, os candidatos têm de preencher os seguintes requisitos de elegibilidade:

    • Experiência: À data de encerramento do Concurso, os candidatos devem estar num dos quatro primeiros anos (experiência de investigação equivalente a tempo inteiro) da sua carreira de investigação e não ter obtido previamente obtido o grau de Doutor.

    • Habilitações académicas: Aquando do processo de seleção, os candidatos devem cumprir um dos seguintes requisitos:

      - Ter concluído um plano de estudos conducente à obtenção de um grau universitário oficial adaptado ao Espaço Europeu de Ensino Superior com 300 ECTS aprovados, dos quais pelo menos 60 ECTS têm de corresponder ao nível de mestrado.

      - Ter concluído um grau académico numa universidade não aderente ao Espaço Europeu de Ensino Superior que dê acesso a estudos de doutoramento. A verificação de um nível de habilitações académicas equivalente ao supracitado será feita pela universidade quando o processo de admissão for iniciado.

    • Mobilidade: Para os candidatos que pretendam integrar um centro ou unidade espanhola: Os candidatos não podem ter sido residentes ou ter levado a cabo a sua atividade principal (trabalho, estudos, etc.) em Espanha durante mais de 12 meses nos 3 anos imediatamente anteriores à data de encerramento do Concurso.

      Para os candidatos que pretendam integrar um centro ou unidade portuguesa: Os candidatos não podem ter sido residentes ou ter levado a cabo a sua atividade principal (trabalho, estudos, etc.) em Portugal durante mais de 12 meses nos 3 anos imediatamente anteriores à data de encerramento do concurso.

      As estadias curtas, como férias, num país diferente da residência habitual (onde foi realizada a atividade principal) são consideradas períodos passados no país de residência habitual.

    • Nível de inglês: Os candidatos devem ter um nível demonstrável de inglês (B2 ou superior).

    • Candidaturas completas: Apenas serão aceites os candidatos cujas candidaturas preencham todos os requisitos enunciados no Concurso.

Como candidatar-se

Mostrar texto Ocultar texto
Visualizador de Conteúdo Web
  • PROCESSO DE CANDIDATURA

    Se estiver interessado(a) em candidatar-se a uma Bolsa de Doutoramento INPhINIT Incoming, clique no botão abaixo para criar a sua conta pessoal e preencher o formulário de candidatura online.

    Ir para o formulário de candidatura online

    O Concurso para a apresentação de candidaturas abre na data de publicação do regulamento do Concurso e encerra no dia 4 de fevereiro de 2020, às 14h00 (hora da Europa Central – CET).

  • PROCURA DE POSIÇÕES DOUTORADAS OFERECIDAS

    Os bolseiros da Bolsa de Doutoramento INPhINIT Incoming serão acolhidos por centros de investigação e unidades de excelência em Espanha e Portugal.

    Verifique abaixo a oferta de vagas para programas de doutoramento das instituições de acolhimento que participarão no Concurso de 2020. Para projetos multidisciplinares, os candidatos podem realizar uma procura de texto livre.

    PROCURAR VAGAS

  • CONTACTO

    Registe-se para receber notificações sobre o início do próximo concurso

    Para quaisquer questões ou pedidos de esclarecimento, envie um e-mail para: fellowships@fundacionlacaixa.org

Centros de Investigação

Mostrar texto Ocultar texto
Visualizador de Conteúdo Web
  • CENTROS DE INVESTIGAÇÃO

    Os bolseiros destinatários de uma Bolsa de Doutoramento INPhINIT têm de levar a cabo o seu projeto de doutoramento em centros de investigação espanhóis acreditados com as distinções de excelência em Espanha de Severo Ochoa, María de Maeztu, em Institutos de Saúde Carlos III, ou em unidades portuguesas avaliadas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia como "Excelentes" ou "Excecionais". Estes centros e unidades destacam-se pelo seu impacto científico e liderança a nível internacional e estabelecem ativamente colaborações no seu ambiente científico e social.

    Os programas de investigação levados a cabo nestes centros são excelentes, altamente competitivos e considerados como os melhores no mundo nas respetivas áreas científicas. Todos estes centros, que atuam como entidades de acolhimento no enquadramento do INPhINIT, têm características que são essenciais para o desenvolvimento e consolidação de uma carreira de investigador.

    • Têm protocolos que asseguram o cumprimento de princípios éticos de acordo com as disposições da Comissão Europeia.

    • Dispõem de unidades administrativas dedicadas à gestão de investigação com especialistas na prestação de serviços de aconselhamento em processos de candidaturas e na gestão de projetos de investigação.

    • Têm unidades administrativas dedicadas à transferência de conhecimento para assegurar a disseminação e valorização dos avanços científicos e tecnológicos alcançados.

    • Oferecem atividades complementares para investigadores, como:

    1. Oportunidades de estadias de investigação/mobilidade.

    2. Atividades intersetoriais e interdisciplinares realizadas através de acordos estabelecidos com centros de investigação nacionais e internacionais, empresas e universidades.

    3. Formação específica em competências interpessoais e técnicas.

    4. Participação em atividades de índole pública.

  • CERTIFICADOS DE EXCELÊNCIA

    O Ministério da Economia, Indústria e Competitividade de Espanha atribui os certificados Severo Ochoa e María de Maeztu a centros e unidades de investigação de excelência, respetivamente, em todos os domínios da ciência. É a distinção mais alta a nível nacional para entidades que promovem a excelência no âmbito da investigação. Estes certificados de excelência são atribuídos com base numa competição anual entre um pequeno número de entidades durante um número de anos limitado. Quando o período de validade dos certificados atribuídos termina, as entidades têm de submeter-se novamente a um processo de seleção competitivo a fim de renovarem os seus certificados.

    A maior parte da investigação científica em Portugal é levada a cabo em unidades de I&D e laboratórios associados, financiados e avaliados pela FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia). Existem atualmente 307 unidades de I&D acreditadas, onde trabalham cerca de 22.000 investigadores.

    A investigação realizada nestas instituições abarca todos os domínios científicos, desde as ciências da vida e da saúde às ciências sociais e humanas, passando pelas engenharias, ciências exatas, ciências naturais e do ambiente. As instituições são avaliadas regularmente pela FCT.