VI O REINO RENOVAR

ARTE NO TEMPO DE D. MANUEL I,
NOS 500 ANOS DA SUA MORTE


Museu Nacional de Arte Antiga
 

  • DESCRIÇÃO

    Entre 25 de junho e 26 de setembro de 2021, no ano em que se comemoram os 500 anos da morte do rei D. Manuel I de Portugal, o MNAA, com o apoio da Fundação ”la Caixa” e do BPI, apresenta a exposição temporária «Vi o Reino Renovar. Arte no Tempo de D. Manuel I», resultante da colaboração que estabeleceu com a Biblioteca Nacional de Portugal e o Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

    A exposição pretende analisar a relação do monarca com a prática artística, uma das mais importantes de toda a história portuguesa, não apenas na intensidade com que promoveu, patrocinou e encomendou obras de arquitetura, iluminura, pintura, escultura ou artes decorativas, mas também pela forma como utilizou a produção artística na sua estratégia de representação e afirmação real. Ao rei se ficou a dever a introdução, na administração régia, de estruturas vocacionadas para a gestão dos seus projetos artísticos e arquitetónicos, criando vedorias e incorporando artistas nesse sistema, com cargos próprios que incluíam funções de administração, gestão e de diplomacia.

  • COMISSÁRIOS

    O comissariado da exposição ficou a cargo de Joaquim Oliveira Caetano, diretor do MNAA, Rosa Bela Azevedo (Arquivo Nacional da Torre do Tombo) e Rui Loureiro (Biblioteca Nacional de Portugal).