Reduzir o tamanho das turmas

Reduzir o tamanho das turmas

Impacto moderado por custo elevado, baseado em provas moderadas

Custo

O custo é indicativo do gasto adicional a ter em conta para a implementação das evidências: novos recursos tecnológicos, cursos de formação, atividades para alunos, etc. A estimativa de custo é aproximada e se baseia nos custos adicionais de uma turma de 25 alunos.

Eficácia

A eficácia é indicativa da força da evidência com base no número e tipos de estudos disponíveis, na qualidade desses estudos e na consistência das estimativas de impacto dos diferentes estudos.

Impacto
+3 meses
  • O QUE É?

    Global

    À medida que o tamanho de uma turma ou de um grupo de ensino diminui, aparentemente a variedade de abordagens que um professor pode utilizar e a quantidade de atenção que cada aluno irá receber aumenta, melhorando os resultados dos alunos.

  • QUAL O GRAU DE EFICÁCIA?

    Global

    Reduzir o tamanho das turmas parece resultar num progresso adicional de aproximadamente três meses para os alunos, em média. Intuitivamente, parece óbvio que reduzir o número de alunos numa turma irá melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem, por exemplo, aumentando a quantidade de feedback de qualidade elevada ou a atenção individualizada que os alunos recebem. No entanto, de um modo global, as provas não sugerem efeitos particularmente grandes ou claros até o tamanho das turmas ser substancialmente reduzido, para menos de 20 ou, até mesmo, 15 alunos. Parece ser muito difícil alcançar melhorias com reduções modestas no tamanho das turmas para mais de 20 alunos, por exemplo de 30 para 25.

    A questão essencial parece ser o facto de a redução ser, ou não, suficientemente grande para permitir que o professor mude a abordagem de ensino ao trabalhar com uma turma mais pequena e de, consequentemente, os alunos mudarem aos seus comportamentos de aprendizagem. Se não ocorrer nenhuma mudança, então, talvez sem surpresa, é possível que a aprendizagem não melhore. Quando uma mudança na abordagem de ensino acompanha uma redução no tamanho da turma (que parece difícil de alcançar até as turmas serem inferiores a aproximadamente 20), então, é possível identificar benefícios no sucesso escolar, além de melhorias no comportamento e nas atitudes. Em alguns estudos, estes benefícios mantêm-se durante vários anos (desde o início da escola primária até, pelo menos, ao fim da escola primária).

    Existem algumas provas de que reduzir o tamanho das turmas é provavelmente mais eficaz quando conjugado com desenvolvimento profissional para professores focado em competências e abordagens de ensino. Algumas provas sugerem que são documentados efeitos relativamente superiores para alunos com resultados inferiores e, no caso dos alunos muito jovens, para os que têm estatuto socioeconómico mais baixo.

    As turmas mais pequenas podem também conferir oportunidades para que os professores desenvolvam novas competências e abordagens.

  • QUAL O GRAU DE FIABILIDADE DAS PROVAS?

    Global

    De um modo global, existe a descoberta relativamente consistente de que as turmas mais pequenas estão associadas a um sucesso escolar relativamente superior quando outros fatores são controlados e quando os tamanhos das turmas foram deliberadamente diminuídos em avaliações experimentais.

    Uma dificuldade na interpretação das provas sobre o tamanho das turmas é o facto de muitos países ou escolas já ensinarem os alunos com resultados inferiores em grupos mais pequenos.

    Local

    A prova mais robusta advém de investigação em escolas primárias nos EUA, onde os benefícios parecem manter-se durante três ou quatro anos quando as turmas são reduzidas para menos de 18 alunos. Existem algumas provas de que os alunos em áreas desfavorecidas no Reino Unido beneficiam de turmas com menos de 20 alunos nas escolas primárias.

  • QUAIS SÃO OS CUSTOS?

    Local

    É dispendioso reduzir o tamanho das turmas para um nível em que seja provável um benefício significativo. As provas sugerem que as turmas normais teriam de ser reduzidas para entre 15 a 20 alunos. Os custos adicionais com professores relacionados com a divisão de uma turma de 30 alunos em duas turmas de 15 alunos seria de aproximadamente 1275,33 € por aluno. Isto não tem em conta o custo de salas de aula adicionais. De um modo geral, os custos são estimados como elevados.

  • O QUE DEVO TER EM CONTA?

    Global

    Pequenas reduções no tamanho das turmas (por exemplo, de 30 para 25 alunos) têm pouca probabilidade de ser eficazes em termos de custos face a outras estratégias.

    Reduzir o tamanho das turmas para crianças mais jovens pode facultar benefícios a mais longo prazo.

    Turmas mais pequenas só têm impacto na aprendizagem se o tamanho mais reduzido permitir que os professores ensinem de forma diferente. Já pensou como irá ajustar as estratégias de ensino e que desenvolvimento profissional será necessário?

    Os ganhos de turmas mais pequenas provavelmente resultarão do aumento da flexibilidade para organizar os alunos e da qualidade e quantidade do feedback que os alunos recebem (consulte Feedback). Já ponderou como irá organizar a aprendizagem em turmas mais pequenas e como irá melhorar o feedback para os seus alunos?

    Como alternativa à diminuição do tamanho das turmas, já pensou mudar a forma como distribui os funcionários (professores e assistentes de ensino), para que os professores possam trabalhar mais intensivamente com grupos mais pequenos (consulte Explicações em pequenos grupos)?