Metacognição e autorregulação

Metacognição e autorregulação

Impacto elevado por custo muito baixo, baseado em provas abundantes.

Custo

O custo é indicativo do gasto adicional a ter em conta para a implementação das evidências: novos recursos tecnológicos, cursos de formação, atividades para alunos, etc. A estimativa de custo é aproximada e se baseia nos custos adicionais de uma turma de 25 alunos.

Eficácia

A eficácia é indicativa da força da evidência com base no número e tipos de estudos disponíveis, na qualidade desses estudos e na consistência das estimativas de impacto dos diferentes estudos.

Impacto
+7 meses
  • O QUE É?

    Global

    As abordagens de metacognição e autorregulação visam ajudar os alunos a pensar sobre a sua própria aprendizagem mais explicitamente, muitas vezes ensinando-lhes estratégias específicas para o planeamento, a monitorização e a avaliação da sua aprendizagem. As intervenções são frequentemente concebidas para dar aos alunos um conjunto de estratégias que podem escolher e as competências para selecionarem a estratégia mais adequada para uma determinada tarefa de aprendizagem.

    A aprendizagem autorregulada pode ser dividida em três componentes essenciais:

    • Cognição – o processo mental envolvido em conhecer, compreender e aprender.

    • Metacognição – frequentemente definida como "aprender a aprender".

    • Motivação – vontade de utilizar as nossas competências cognitivas e metacognitivas.

  • QUAL O GRAU DE EFICÁCIA?

    Global

    As abordagens de metacognição e autorregulação têm níveis consistentemente elevados de impacto e os alunos têm uma média de sete meses de progresso adicional.

    Normalmente, estas estratégias são mais eficazes quando ensinadas em grupos colaborativos, para que os alunos se possam entreajudar e tornar o seu raciocínio explícito através do debate.

    O impacto potencial destas abordagens é elevado, mas pode ser difícil de alcançar na prática, pois exigem que os alunos assumam maior responsabilidade pela sua aprendizagem e desenvolvam o seu entendimento daquilo que é necessário para ter sucesso.

    As provas indicam que o ensino destas estratégias pode ser particularmente eficaz para alunos com baixo sucesso escolar ou mais velhos.

  • QUAL O GRAU DE FIABILIDADE DAS PROVAS?

    Global

    Um conjunto de revisões sistemáticas e meta-análises descobriu consistentemente que as estratégias relacionadas com a metacognição e autorregulação têm enormes efeitos positivos. A maioria dos estudos analisou o impacto a inglês ou matemática, embora existam algumas provas de outras disciplinas, como ciências, que sugerem a possibilidade de a abordagem ser amplamente aplicável.

    As abordagens testadas tendem a envolver a aplicação de estratégias de autorregulação a tarefas específicas que envolvem o conhecimento da disciplina, ao invés de aprender "competências de pensamento" genéricas.

    Local

    A EEF avaliou vários programas que procuram melhorar as competências de "aprender a aprender". A maioria encontrou impactos positivos, embora mais pequenos em dimensão (cerca de dois meses de progresso em média) do que a média registada na base factual mais alargada. Para três destes programas houve indicações de que eram particularmente benéficos para alunos oriundos de famílias com baixos rendimentos.

    Um estudo de 2014, Improving Writing Quality (Melhorar a qualidade da escrita), utilizou um programa estruturado de desenvolvimento da escrita baseado numa estratégia de autorregulação. A avaliação encontrou ganhos, em média, de um progresso adicional de nove meses, sugerindo que o impacto médio elevado das estratégias de autorregulação é alcançável nas escolas inglesas.

    Relatório de orientação
    A EEF publicou orientações sobre a aplicação das provas relativas a metacognição e autorregulação na sala de aula.

  • QUAIS SÃO OS CUSTOS?

    Local

    De um modo geral, os custos são estimados como muito baixos. Muitos estudos relatam os benefícios do desenvolvimento profissional para professores e da utilização de uma abordagem de averiguação, na qual os professores avaliam ativamente estratégias e abordagens à medida que aprendem a utilizá-las no ensino. A maioria dos projetos tem um custo estimado inferior a 88,72 € por aluno, incluindo o desenvolvimento profissional necessário para professores.

  • O QUE DEVO TER EM CONTA?

    Global

    Que estratégias explícitas pode ensinar aos seus alunos para os ajudar a planear, monitorizar e avaliar aspetos específicos da sua aprendizagem?

    Como pode dar-lhes oportunidades de utilizar estas estratégias com apoio e, posteriormente, de forma independente?

    Como pode assegurar que define um nível de desafio apropriado para desenvolver a autorregulação e a metacognição dos alunos em relação a tarefas de aprendizagem específicas?

    Na sala de aula, como pode promover e desenvolver conversação metacognitiva relacionada com os objetivos da sua aula?

    Que desenvolvimento profissional é necessário para desenvolver o seu conhecimento e compreensão destas abordagens? Já ponderou intervenções de desenvolvimento profissional que demonstraram ter impacto noutras escolas?